domingo, 28 de dezembro de 2008

Apenas brisas (ou não)

Confesso que minha criatividade não está lá aquelas coisas, há 20 minutos que eu estou aqui, escrevendo, selecionando e deletando. Já virou uma coisa mecânica, um porre!
Eu poderia escrever sobre minha revolta com a pagina de dúvidas do blogger, que é em inglês. Ou talvez postar alguma piadinha, só pra mascarar minha falta de assunto.
Quem sabe se eu postasse uma foto de algum filhote de labrador e escrevesse uma frase bonitinha, ganharia comentários do tipo "ai que tudoo, amo essa musica" ou algo daquelas garotas de 10 anos que falam "ingrês", tipo: "I'm love cute dog forever". (??) Seria alguma coisa, claro. Mas sei lá, eu acho estranho ¬¬.
Membra do Blogger desde 2007, ainda não dominei isso aqui. Já apaguei muitas postagens que eu julguei sem conteúdo e fui do gênero "menina engraçada e cor-de-rosa" pro que eu chamaria de "aborrecente neurótica e crítica". Eu não sei se isso é uma evolução...
Talvez eu tenha evoluído, do meeu jeito.
Continuo com as minhas manias estranhas, por exemplo a de gostar de ir no cemitério (só no dia dos mortos), porque além de me parecer um templo, eu até que curto ler epitáfios o.O .
As vezes eu me acho muito boazinha, ás vezes as pessoas me chamam de egoísta.
Me sinto um pouco egoísta por virar o foco da postagem pra mim e pra minha confusão mental...
Melhor parar de escrever, acho que vou desligar o pc e ir dormir. Ou talvez eu vá na padaria e compre um Magnun ou um Sem Parar, só pra me destrair. É díficil me livrar da minha inquietação uma vez que estou longe do meu lugar favorito: o tatame.
Desculpas a vc que perdeu seu tempo (ou não) lendo essa postagem, vou colocar a culpa na minha falta de criatividade repentina.
Até mais..

Beijos
Heloísa

4 comentários:

Ariana disse...

Gracias por pasar,me puse a leer con el Google Traductor tu ultimo posteo, me gusto, espero que sigamos escribiendonos, a pesar de lo dificil de las lenguas ,jaja me gusta mucho concer gente de otros paises,,soy una seguidora de tu blog


ariana

Anônimo disse...

Oi Helóisa, obrigada pela visita e pelo comentário.

Amei a espontaneidade com que escreve!

Ei, vc luta o quê?

Eu lutava judô, parei pq machuquei. Ainda é minha paixão e pretendo voltar em 2009!

Vou adicionar seu blog aos meus links.

Se quiser ajuda com o blogger, pode falar, também apanhei mto no início.

Bjos

=)

Michele Hubner disse...

ei, a sua postagem é muito esperada pelos leitores, eu também já fiz um post assim.. Parabéns e continue postando..

me acompanha até minha lista de blogs?

Leon K. Nunes disse...

Eu poderia começar dizendo tanta coisa, mas começo apenas retrucando o que você insinuou: definitivamente, não foi perda de tempo vir aqui. Tudo bem que seu post foi mais espontâneo, que você não se ateve a nada, mas blog também é pra isso, para distrair a si e a seus visitantes, também. Assim, a leitura passou tão leve, eu fui lendo e concordando com você que a ajuda do Blogger, em inglês, é uma chatice, ri quando falasse do postzinho clichê de cachorro com letrinha de música enfeitando-o... e achei massa que você tenha a mania de visitar cemitérios, porque eu também tenho! Também adoro ler epitáfios, nosssssssa, eu sabia que existia mais alguém com essa mania meio mórbida... ainda que eu, diferente de você, costuma ir a cemitérios noutras vezes, além do dia dos mortos (aliás, esse dia é que eu passo longe de cemitérios...).

E você luta judô, é? Ula-lá... Luta, pra mim, é atalho pra beijar a lona... já tentei praticar boxe, mas era só pela brincadeira (e pelas ilusões balboanas), mas foi por poucas semanas... de resto, nunca fui adiante. Por que estás longo do tatame? Férias?

Bom, agora eu que estou falando demais... Chega. Partirei, beijos!